SPLICING TIME – PROJETO DE RESIDÊNCIA E WORKSHOP COLABORATIVO

22 de Maio, 2023

SPLICING TIME é um projeto de residência e workshop de criação artística, de exploração sonora com recurso a meios de fita analógica, focado nas possibilidades plásticas do som e processos de escuta na criação plástica, que irá decorrer entre 12 e 21 de junho de 2023 nas Oficinas do Convento.

Para este workshop propõem-se uma exploração de meios como a fita magnética, reel-to reel, e as possibilidades que a repetição e o tape loop – (um circuito fechado em repetição). Explorando as possibilidades criativas e plásticas do som, arquivos sonoros e formatos analógicos, field recordings e possibilidades acústicas dos espaços das Oficinas do Convento, abre-se o convite a uma partilha coletiva de processos artísticos.

Esta é uma experiência essencialmente low -fi, onde se privilegia a partilha dos processos de fazer.

Com duração de 10 dias, uma experiência participativa na criação de uma peça de exploração sonora aberta ao coletivo, a ser exposta na galeria Municipal.

 

Inscrições:

Projeto limitado a 6 participantes.

Obrigatório o envio de C.V e Carta de Motivação até 28 de Maio 2023

Mais informações e inscrições para comunicacao@oficinasdoconvento.com

A todos os participantes será prestado o serviço de alojamento e alimentação (almoço e jantar) durante os dias de residência.

Bio. Ana Guedes, b.1981, Braga – Portugal
Vive e trabalha entre Portugal e os Países Baixos.
A prática artística de Ana Guedes explora plasticidades sonoras em formatos como a performance e a instalação, interligando temporalidades e narrativas, noções de arquivo e perspectivas históricas explorando estruturas sociais e políticas.
Formada em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, obteve um Mestrado em Investigação Artística pela Academia Reals de Arte e o Conservatório Real de Haia, nos Países Baixos.
Foi bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian entre 2015 e 2016 e artista selecionada para o prémio EDP Novos Artistas 2017, tendo-lhe sido atribuída uma Menção Honrosa.
Em 2018, foi congratulada com o prémio Piedra de Sal na Bienal de Cuenca, Equador.
Entre 2018 e 2019 participou do programa anual de residências artísticas da Jan Van Eyck Academie, em Maastricht, nos Países Baixos, e foi selecionada para o programa inaugural da Hartwig Art Foundation Production|Collection Fund Amsterdão, 2021.
Participou em diversos programas de residência artística como o programa Scale Travels sob a colaboração do Laboratório Ibérico de Nanotecnologia com o Gnration, Braga, Portugal 2022-2023.
Make Eindhoven, Países Baixos, 2022; nas Oficinas do Convento em Montemor-o-Novo 2023.
As suas obras, performances e instalações foram apresentadas na Galeria Kunstraum Botschaft / Camões Berlin / Museu Maat, Berlim, Alemanha, 2019; Frequência Singular Plural – CentroCentro, Madrid, Espanha, 2019; Next Arts Festival, Kortrijk, Bélgica, 2019; Sonic Dawn – Festival Huomo Novos, Riga, Letónia, 2019; November Music Festival, s’Hertogenbosch, Países Baixos, 2019; TAC -Eindhoven, Eindhoven, Países Baixos, 2020; Oude Kerk Amsterdam – Hartwig Art Foundation Produc