HAND TO HAND: INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 30 DE MAIO

12 de Maio, 2023

Decorre até 30 de maio de 2023 o prazo para a apresentação de candidaturas ao projeto de cooperação e residências “Hand to Hand”, dirigido a artistas de circo europeus e do Reino Unido.

O projeto reúne quatro parceiros europeus da área do circo e do espetáculo ao vivo: Le Palc, França; ROOM 100, Croácia; Bússola, Portugal e Helsingør Theatre, Dinamarca.

“Hand to Hand” irá decorrer na Croácia, na Dinamarca, em França e em Portugal de junho de 2023 a julho de 2025.

Os candidatos, preferencialmente sem experiência prévia no espaço público, devem ter formação educacional, criativa e profissional (não é exigido qualquer diploma em circo, mas sim experiência profissional enquanto criador), bem como uma motivação forte para explorar a prática artística no espaço público.

“Hand to Hand” é um projeto de residência e cooperação europeia que visa explorar a questão da sustentabilidade através de espaços de aprendizagem e experimentação em termos de inovação e pesquisa para artistas de circo e abordar o circo europeu contemporâneo no espaço público para questionar coletivamente a noção de ecologia social.

Através de um percurso que compreende quatro períodos de exploração e residências imersivas, “Hand to Hand” irá disponibilizar espaços de experimentação num contexto de colaboração intersectorial, incluindo interações com as indústrias culturais e criativas, pesquisadores em ecologia e arte e empresas privadas.

Serão selecionados, no total, 16 artistas circenses para participar num workshop de apresentação, a realizar em Châlons-en-Champagne (França), de 4 a 6 de julho de 2023, após o que oito artistas circenses serão selecionados para participar nas fases seguintes do projeto.

No total, de setembro de 2023 a abril de 2024, decorrerão quatro períodos de exploração, alternando sessões teóricas e momentos de aprendizagem prática e intercâmbio, com encontros entre trabalhadores de diferentes setores de atividade.

O workshop introdutório reunirá, durante três dias, no início de julho de 2023, os dezasseis artistas pré-selecionados, os parceiros, os mentores, os parceiros associados, pesquisadores em arte e ecologia e outros especialistas.

Este workshop pretende abordar questões relacionadas com a sustentabilidade, a trans setorialidade e o circo no espaço público. As práticas circenses no espaço público serão alternadas com contributos intelectuais de investigadores e outros profissionais.

 

Períodos de exploração – setembro de 2023 a abril de 2024

Período de exploração 1
Helsingor – Dinamarca

São espaços pedagógicos experimentais que oferecem a possibilidade de deslocação de práticas e trocas de saberes, de pensar diferentemente a relação com a sustentabilidade e a relação com o outro como princípio da ecologia social e de compartilhar as questões subjacentes aos projetos dos artistas. Estes dias serão dedicados a sessões teóricas, alternando momentos práticos de aprendizagem e intercâmbios com trabalhadores de diferentes setores de atividade.
Será também uma oportunidade para explorar os espaços públicos e conhecer todos os parceiros de cada país.

O tema científico será o mar como espaço público e meio de compreensão em colaboração com o Øresundsakvariet –  Maritime research institute.

 

Período de exploração 2
Châlons, Champagne – França

O principal setor de atividade escolhido está ligado aos vinhedos e diversos comércios representativos do setor do champanhe em geral. O tema científico será, assim, o cuidado do desenvolvimento do solo vivo e da resiliência necessária para relações sustentáveis entre cultivo do solo, manutenção da vinha e território. Em colaboração com o Institut Georges Chappaz.

 

Período de exploração 3
Ílhavo – Portugal

O principal setor de atividade escolhido está ligado ao Porto Bacalhoeiro e ao acondicionamento de bacalhau, indústria de distribuição. O tema científico será, assim, o impacto humano e das alterações climáticas na biodiversidade marinha. Em colaboração com o CIEmar – Centro de Investigação e Empreendedorismo do Mar (Museu Marítimo de Ílhavo).

 

Período de exploração 4
Split – Croácia

O principal setor de atividade escolhido está ligado às salinas. A questão ambiental será: de que modo o material (como o sal – a salinidade) no mar é afetado pelas mudanças climáticas e que soluções são possíveis. Em colaboração com a Faculdade de Ciências de Split – Departamento de Física Ambiental.

Mais informações e candidaturas no website do projeto, em https://handtohandproject.eu/

Ver artigo original