DINO D’SANTIAGO | Feira de S. João 2024

Musica

Detalhes

Rossio de S. Brás, Évora

DINO D’SANTIAGO | Feira de S. João 2024

Nasceu no Algarve, filho de pais cabo-verdianos que cedo se envolveu nos movimentos de música urbana globalizada, fundindo os universo do soul, hip-hop com o Batuku e Funaná.

Em 2019, na primeira edição dos Prémios Play, Dino D’Santiago foi distinguido nas categorias de Melhor Artista Solo, Melhor Álbum e Crítica, com o álbum Mundu Nôbu. Nos Cabo Verde Music Awards, venceu na categoria de melhor ritmo internacional e a GQ Portugal atribuiu-lhe o prémio Man of The Year na área da música.

Um novo capítulo da jornada musical de Dino d’Santiago chega em 2020 com ‘Kriola’, álbum que recebe elogios da crítica internacional, como a Rolling Stone, Complex e Folha de São Paulo, é distinguido com um MTV EMA na categoria de Best Portuguese Act e em Portugal é novamente distinguido com três prémios Play Vodafone com melhor álbum, melhor canção e melhor artista masculino.

Influenciado pela paternidade, por várias mudanças no seu quotidiano e vida familiar, e por um contexto de pandemia que se revelou demasiado intenso, Dino d’Santiago cria ‘BADIU’. Um álbum fruto de um trabalho comunitário, com muitas fronteiras mas sem limites. Uma obra embalada pelo Batuku, catártico, cru e negro, que permitiu que gerações novas de cabo-verdianos se reconciliassem e aprendessem a reivindicar a sua herança africana. Uma vibrante coleção de histórias da nação criola que tem o Atlântico como uma extensão do seu território e a música como o único refúgio para a alegria.

Fundador do projecto Lisboa Criola, foi considerado em 2021 uma das 100 pessoas afrodescendentes mais influentes pela MIPAD (Most Influential People of African Descent).

Em 2022 além de se estrear como Juri no programa da RTP ‘The Voice’, esteve à frente da curadoria do evento Jardins de Verão na Fundação Calouste Gulbenkian, um evento que contou com 30 concertos de artistas da periferia de Lisboa nos jardins da fundação e foi distinguido pela revista Time Out nesse mesmo ano como o acontecimento do ano.

Em 2023 foi escolhido pelo Expresso como uma das 50 figuras que podem vir a definir o futuro de Portugal.
Dino D’Santiago é também um ativista pelas causas sociais sendo participante em vários projectos pela equidade e igualdade social.
O Governo atribuiu a Medalha de Mérito Cultural ao músico Dino d’Santiago, “em reconhecimento pelo contributo dado à criação musical em língua portuguesa e à sua projeção no mundo”.
Foi também destacado pela revista Forbes como figura Vozes da Lusofonia 2023 no domínio cultural pelo seu desempenho como activista por uma maior igualdade e diálogo cultural entre os povos da língua portuguesa.

O conteúdo DINO D’SANTIAGO | Feira de S. João 2024 aparece primeiro em Portal Institucional.

Adicionar ao calendário